Straits Videos

Loading...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

2 noites de concerto em Coimbra

U2 em Portugal

Mais uma vez Portugal mostrou o seu apreço pelos U2 , sem dúvida que Bono e companhia são nos dias que correm, a banda mais popular do Universo. Filas e mais filas, horas de sono perdidas, tudo por um bilhete na busca de emoções magnificas. Várias pessoas questionaram o facto de me ter deixado ficar para trás, de nem sequer ter mexido uma palha para ver uma das 2 noites de concerto, e a minha resposta foi sempre a mesma:
"Fartei-me da confusão dos concertos em grandes estádios".
Não quero com isto dizer que não possa um dia voltar a assistir a um espectáculo no meio de 40 mil pessoas, mas depois das aventuras em espaços bem mais reduzidos percebi que num estádio muitas das vezes o espectáculo acaba por ser o próprio público. Recordo-me bem da noite em que assisti a JETHRO TULL com o palco a meio do atlântico ou do concerto de Pat Metheny com Brad Meldhau, foi um luxo, eles estavam logo ali sendo perceptivel cada movimento em palco ou cada técnica a tocar os instrumentos. Na verdade, outra das razões pela qual não tive a tentação de adquirir bilhete para os U2 é porque não os admiro assim tanto, são bons não haja dúvida, mas eu não sou propriamente um fan da canção extremamente disciplinada criada para correr o mundo pelas rádios , 4´um refrãozito e já está. Longe estão os tempos em que a criatividade dos músicos da banda permitia criar algo como "Bad", essa sim uma canção que me preenche porque tem uma estrutura incerta e em crescendo. Admito que o povo goste efusivamente da banda, que sinta carinho por ela e que vibre com cada nota, sinto gosto em sentir que pelo menos uma banda dos meus tempos de juventude continua a bater recordes, mas isso não é o suficiente para me levar a Coimbra.
Neste últimos dias tenho-me lembrado da anterior passagem dos U2 por Portugal, a loucura foi uma igual e a banda conseguiu ter o mérito de introduzir no nosso país algo que ainda não tinha acontecido - PREÇOS EXURBITANTES. Depois vieram os Stones e a seguir os Police também com preços malucos, não sei, mas acho que os U2 fizeram com que as promotoras percebessem que podiam ir mais além no preço dos bilhetes.
Quanto à cidade escolhida para realizar os concertos nada a apontar, mas, não deixou de ser estranho que Lisboa ou Porto tenham deixado fugir a oportunidade...
O estádio de Coimbra faz parte de uma pesada herança que o Euro 2004 deixou à Autarquia e já que não enche com jogos de futebol que ao menos seja aproveitado para realizar espectáculos.

Sem comentários:

Enviar um comentário