Straits Videos

Loading...

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

THE STRAITS - CONTAGEM DECRESCENTE

Steve Ferrone com Alan em 1990. Penso que esta foto foi tirada durante uma Tour de Eric Clapton em que os dois músicos participaram, tal como Mark Knopfler. Steve vai estar em Lisboa com os The Straits.


O cartaz promocional do projecto dos The Straits.



Chris White, um Strait genuino. Realizou as duas maiores digressões da banda, Brothers In Arms Tour e On Every Street World Tour. A sua entrada na banda coincidiu com a explosão dos Dire Straits à escala planetária. Em 1985 com a edição de Brothers in Arms os Dire Straits transformaram-se no maior fenómeno musical da decada de 80 e Mark Knopfler ganhou o rótulo de Guitar Hero. O crescendo de popularidade dos músicos nunca mais parou. Hoje o respeito mantem-se e Knopfler continua a ser considerado um músico de tôpo. Até chegar aos Straits Chris tocou com grandes nomes da música, chegando a fazer uma Tour com Robbie Williams.





Alan Clark é a alma deste projecto. Na verdade é o homem que tentou fazer uma reunião dos Dire Straits, cenário rejeitado prontamente pelo lider de sempre Mark Knopfler. Entrou para os Straits por alturas do lp "Making Movies", curiosamente quase na mesma altura em saiu David Knopfler. Alan tornou-se num num Strait respeitadissimo, um músico calmo e virtuoso. Os pianos dos Dire Straits ficaram a seu cargo até ao último dia. Durante anos a fio viveu discretamente. Chegou a tocar com Tina Turner, Bob Dylan e Eric Clapton.


Alan e Chris White são os Straits que me levam à Magna e o meu bilhete foi escolhido a dedo para a frente dos dois.




SALAS CHEIAS




A mais de um mês da data do Concerto faltam vender 700 bilhetes para Lisboa, os restorais estão lotados e 373 para gaia. Prêve-se salas cheias para o revivalismo ao Dire Straits.



Sem comentários:

Enviar um comentário