Straits Videos

Loading...

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

THE STRAITS EM PORTUGAL

Poucos dias depois de uma primeira data anunciada para 21 de Março no Hard Club, no Porto, eis que os THE STRAITS anunciam para o dia seguinte um concerto para a Aula Magna em Lisboa.

Como aficcionado dos Dire Straits fiquei bastante contente por ter a possibilidade de voltar a ter um contacto LIVE com as canções da minha banda de sempre. Honestamente, entusiasma-me a possibilidade de poder ouvir pela primeira vez "Portobello Belle" ou voltar a ouvir "Tunnel of Love". Em palco estarão Alan Clark, teclista dos Dire Straits desde os tempos de Making Movies, Chris White saxofonista que chegou à banda por alturas de Brothers in Arms e Phil Palmer da época de "On Every Street".

Esta banda acaba por ser o resultado de uma tentativa falhada para devolver os Dire Straits aos palcos, Knopfler chumbou a ideia. John Illsley, também ele fundador da banda revelou que Knopfler estaria muito entusiamado com a sua carreira a solo e que não tinha intenções de voltar a juntar a banda. Lembro-me bem de escrever neste blogue que respeitava a ideia de Knopfler e que a banda continuar separada manteria intacto o final num patamar de enorme grandiosidade. Por outro lado, expressei um sentimento de grande nostalgia, o lado do coração gostaria de ver os Dire Straits reunidos.

Depois do não de Knopfler começaram a acontecer alguns espectáculos onde se reuniram ex- membros da banda, Chris White tocou com Illsley, Jack Sonni apareceu ao lado de Alan e por ai fora. Em 2010 todos eles andavam em actividade, incluindo MK que tinha a seu lado Guy Fletcher, o outro teclista dos Dire Straits e Danny Cummings o percussionista nos tempos de "On Every...".

Alan Clark pesquisou via net um "substituto" para MK e encontrou Terence Reis, um guitarrista que também dá a sua voz ao projecto. O objectivo era realizar alguns concerto de tributo aos Dire Straits, com algumas datas onde se incluia a mitíca sala Londrina Royal Albert Hall, mas o projecto acabou por ter seguimento para o ano de 2012 onde se registam 2 datas para Portugal.

Obviamente que penso estar dia 22 de Março em Lisboa para escutar ao vivo algumas canções que fizeram a história de uma das melhores bandas de sempre. "Private Insvestigations" foi nalguns concertos a música de abertura, a que se seguiram "Sultans of Swing", "Tunnel of Love", "Portobello Belle", "Money For Nothing", "Brothers in Arms", "Your Latest Trick", "Romeo and Juliet", "Communiqué", "Iron Hand", "Walk of Life", "Two young Lovers", "Local hero", entre outras.

É o que se pode ter, a não ser que há última da hora MK passe por Lisboa na companhia de Bob Dylan, é que também eles andam em digressão.












2 comentários:

  1. Sou fã de dire straits há 30 anos e estou triste porque o concerto não vai ser como os fãs iriam gostar, sem Mark knopfler meus amigos tenham muita sorte para quem os forem ver, abraços dum fanático por DIRE STRAITSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como certamente já se apercebeu também eu sou aficcionado pelos Dire Straits. Ja vi concertos da banda e 5 vezes o MK a solo. Respeito imenso a opção de MK em não querer fazer uma reunião com toda a banda e gosto da ideia dos Straits terem tido um final grandioso. Os THE STRAITS são o resultado de uma nega de MK. Mas, nessa noite eu acredito que as canções serão algo de espectacular. Gosto do Alan Clark é u elemento com carisma Straits, tal como o Chris White. Vai ser uma grande festa e um enorme tributo aos discos e ás canções dos Dire Straits.

      Eliminar